CARLINHOS CADE O JUIZ ?

CADÊ O JUIZ?

Iniciamos uma séria de crônicas forenses de nosso colaborador Carlos Barros Nogueira.

São reminiscências de um juiz aposentado (mas ainda jovem), contando histórias dos bons tempos em comarcas paulistas.

Aqui ele conta como enfrentou sua primeira audiência, um divórcio consensual de pessoas idosas.

Na hora de assinar, houve estranheza do homem porque achava que ainda não tinha conversado com o senhor juiz, não reconhecendo como tal o mocinho do atendimento…

Veja mais (http://www.familiaesucessoes.com.br/CARLINHOS-CADE-O-JUIZ).

 

Palavras-chave: , , , , , ,

 

Mais textos em CASOS E CAUSOS

 
 

Compartilhe este texto



 
 
 
 

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *