Pai adotivo consegue na justiça “licença-maternidade em Campinas-SP

Pai adotivo consegue licença-maternidadeO Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, em Campinas, no último dia 30 de junho,  concedeu a Gilberto Antonio Semensato, pai solteiro e funcionário público, uma licença de três meses por adotar uma criança.

Ele conquistou o mesmo direito que as mães adotivas no serviço público obteriam.

Para ver a íntegra da notícia, clique aqui.
FOLHAONLINE – Jornal Folha de São Paulo de 01/07/2008

 

Palavras-chave: , ,

 

Compartilhe este texto



 
 
 
 

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *