Família mosaico não pode virar bicho papão


O desenho moderno das famílias mosaico, que são constituídas por diversas uniões familiares, com filhos de uma e de outra (os meus, os seus e os nossos…), exige convivência saudável dos membros do grupo, mútuo respeito e a preservação dos interesses da criança e do adolescente, para que tenham um crescimento sadio.

Não se concebe guerra doméstica provocada por genitores insensíveis com a situação dos filhos que se tornam vítimas desse procedimento nefasto. Nesse contexto, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal decidiu pela restrição do direito de visitas do pai, como forma de redução do conflito familiar, até que se consiga a almejada harmonia entre os genitores (recurso 2013 00 2 008339-4, AGI, site do TJDF).

 
 

Compartilhe este texto



 
 
 
 

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *