OS DEZ MANDAMENTOS DA LEI DE FAMÍLIA

1. AMAR A FAMÍLIA SOBRE TODOS OS BENS DA VIDA: as relações de afeto e dignidade substituem a família patriarcal e patrimonial.

2. RESPEITAR A FAMILIA EM SUAS MÚLTIPLAS FORMAS: casamento, união estável, uniparental, homoafetiva.

3. TRATAR O HOMEM E A MULHER COM IGUALDADE NOS DIREITOS E OBRIGAÇÕES. Mas, por outro lado, um viva às diferenças naturais que individualizam a pessoa humana!

4. TRATAR OS FILHOS COM IGUALDADE E AFETO: não importa a origem da filiação, nem a qualidade dos pais.

5. RECONHECER QUE O AMOR É FINITO: divórcio direto, potestativo e simplificado.

6. PRESTAR ASSISTÊNCIA AO NECESSITADO: dever de alimentos justos para a vida com dignidade.

7. INCENTIVAR A ADOÇÃO: segurança e respeito aos interesses do filho adotivo, para sua perfeita integração na comunidade familiar.

8. APOIAR A GUARDA COMPARTILHADA: exercício conjunto dos direitos e obrigações pelos pais, em igualdade de condições e a bem da formação dos filhos.

9. NÃO TORTURAR O SEU FILHO: vedação da alienação parental e penalidades ao alienador.

10. DAR A MÃO AO IDOSO: pense nos seus pais e considere que você será feliz chegando um dia à “melhor idade”.

E quando lhe perguntarem: a família vai bem?

Responda com confiança: Sim, a família vai muito bem, obrigado!

Euclides de Oliveira

15.06.2012

 

Palavras-chave: , ,

 

Compartilhe este texto



 
 
 
 

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *