NOTAS

  • PESSOA DEFICIENTE   PODE PRATICAR ATOS DA VIDA CIVIL MEDIANTE “DECISÃO APOIADA”

    PESSOA DEFICIENTE PODE PRATICAR ATOS DA VIDA CIVIL MEDIANTE “DECISÃO APOIADA”

    O Estatuto da pessoa com deficiência (Lei n. 13.146, de 2015, art. 1.783-A do CC) criou o instituto da “tomada de decisão apoiada”. Por esse meio, o interessado pode requerer ao juiz que nomeie duas pessoas idôneas, da sua confiança, para prestar-lhe apoio na decisão sobre certos atos da vida civil, a fim de suprir e tornar válida a sua manifestação de vontade. É uma maneira de preservar os direitos da pessoa humana, respeitando sua dignidade e o regular exercício de atividades dentro do meio familiar e social. Leia mais clicando no título.

    leia mais →
     
  • O QUE SÃO ALIMENTOS AVOENGOS?

    O QUE SÃO ALIMENTOS AVOENGOS?

    São os alimentos devidos pelos avós, na falta dos pais ou quando não tenham recursos suficientes  para o sustento dos filhos incapazes. O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou […]

    leia mais →
     
  • MINISTROS DO STF

    MINISTROS DO STF

    Alexandre de Moraes é o mais novo integrante do STF.  Bem jovem: 48 anos! Foi Promotor de Justiça em São Paulo. Deixou o cargo para assumir funções na administração pública, […]

    leia mais →
     
  • CONGRESSOS DE DIREITO DE FAMÍLIA

    CONGRESSOS DE DIREITO DE FAMÍLIA

    Importantes eventos jurídicos neste ano, agitando o Direito de Família e Sucessões, para você anotar e participar: VI Congresso Cearense de Direito de Família e Sucessões: Fortaleza/CE, 18 e 19 […]

    leia mais →
     
  • SUPREMO ADMITE ABORTO ATÉ O TERCEIRO MÊS DA GESTAÇÃO

    SUPREMO ADMITE ABORTO ATÉ O TERCEIRO MÊS DA GESTAÇÃO

    Entenda melhor a decisão do STF com relação a admissão do aborto até o terceiro mês acessando este link.

    leia mais →
     
  • PROPOSTA DE ALTERAÇÕES NA LEI DE ADOÇÃO.

    PROPOSTA DE ALTERAÇÕES NA LEI DE ADOÇÃO.

    O processo de adoção vem sofrendo críticas por ser complicado e moroso. Estão sendo estudadas no Ministério da Justiça propostas de modificações substanciais. O Governo lançou consulta pública para debater […]

    leia mais →
     
  • HIPOTECA JUDICIÁRIA GARANTE O RECEBIMENTO DO CRÉDITO

    HIPOTECA JUDICIÁRIA GARANTE O RECEBIMENTO DO CRÉDITO

    A hipoteca judiciária, que já era prevista no CPC velho, agora é enfatizada no código vigente, artigo 495. A decisão que condena o réu ao pagamento de prestação em dinheiro […]

    leia mais →
     
  • GUARDA COMPARTILHADA É A REGRA

    GUARDA COMPARTILHADA É A REGRA

    O Conselho Nacional de Justiça (CNJ), por meio da Resolução n. 25, recomenda aos juízes de família que, ao decidirem sobre a guarda de filhos, nas ações de separação, divórcio, […]

    leia mais →
     
  • O CASAMENTO: ANTES, DURANTE E DEPOIS

    O CASAMENTO: ANTES, DURANTE E DEPOIS

    Esse é o título do novo livro de Paulo Lins e Silva, notável advogado especialista em direito de família. Ensina que o casamento é coisa séria, muda o estado civil, […]

    leia mais →
     
  • Dupla paternidade: o pai de sangue + o pai de afeto

    Dupla paternidade: o pai de sangue + o pai de afeto

    Se uma pessoa pode ter quatro avós, muitos irmãos e outros tantos parentes como tios, sobrinhos e primos, por que não poderia ter dois pais ou duas mães? O Supremo […]

    leia mais →